Home

VI SEDA – Semana do Audiovisual Campinas 2016

 

31 de Julho

10h às 13h

SEDA Cinema Público – Formação e Debate

_DSC1456

Atividade: Roda de Conversas sobre a Lei 13.006

Debate: Políticas de Acesso, Difusão e Circulação na inclusão do cinema nos espaços sociais.

Sinopse: A partir do momento em que a Lei 13.006 foi aprovada no parlamento federal iniciou-se o processo de disputa de regulação dessa política. Qual cinema nacional vai para a escola? Quem disponibilizará, selecionará e veiculará esses filmes nos espaços educacionais? Haverá debate/discussão? Com qual caráter? Nós da Semana do Audiovisual sentimos a necessidade de abrir mais esse espaço de discussão e chamar atores desse processo para debater e ampliar as visões sobre o atual cinema brasileiro sem excluir nenhum tipo de linguagem ou produção. A partir daí pensar estruturas, formas, políticas, circuitos, dutos e acessos ao amplo pensamento de pensar, produzir e viver cinema.

Participação: Convidada e convidados: Juliana Siqueira (Pedagogia da Imagem), Joice Ribeiro (Profa. da Rede Municipal), Sonia Regina (Coordenadora Pedagógica da Rede Municipal), Carlos Miranda (Rede Kino), Wenceslao (Grupo Olho), Felipe Garcia (Semana do Audiovisual), Eduardo Paes (Conselho Nacional de Cineclubes).

Local: Museu da Imagem e do Som de Campinas (MIS) Rua Regente Feijó, 859 – Centro – Campinas-SP.

 

14h às 18h

SEDA Cinema Público – Formação e Debate

Cinemapublico

Atividade: Encontro de Cineclubistas do Estado de São Paulo (Necessita Inscrição)

Debate: Políticas Públicas e Articulações para a inclusão e o acesso dos meios produtivos do diverso cinema nacional

Sinopse Atividade: Encontro de Cineclubistas do Estado de São Paulo para discutir a conjuntura e o cenário atual, as políticas, os recursos, as práticas e formas do fazer cineclubista, as possibilidades de construção e ampliação de seus circuitos. Pensar espaços e formas de interlocução, trocas e plataformas para intensificar a ação cineclubista visando o fortalecimento da circulação de obras audiovisuais de várias classes, nichos, olhares e que contemplem as diretrizes básicas da educação e a diversidade cultural do país.

Participação: Cineclubistas do Estado de São Paulo Credenciados no Conselho Nacional de Cineclubes e Cineclubes atuantes no Museu da Imagem e do Som.

Haverá alimentação e hospedagem solidária. Devido a essa logística, para participar dessa ação é necessário preencher e enviar o formulário de inscrição através do link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScKwbvm-X6McscK3MwFxUZRshHhtnuQ-H79oyqH2Juj40lKIg/viewform

Local: Museu da IMagem e do Som de Campinas (MIS) Rua Regente Feijó, 859 – Centro – Campinas-SP

 

01 de Agosto – Abertura Oficial

19h às 22h

Atividade: SEDA Preta – Abertura da Exposição + Debate

SEDAPreta

Exposição de Artes Visuais: “ Pretitudes: um preto olhar sobre as artes”

Com obras de Andrea Mendes, Gerardo Silva, Luiz Hagg, Mutala Ngunzo, Roger Cipó e Tiago Rego;

Abertura com mesa debate: “ Representatividade para além da Representação”

com: Alessandra Gama, Andrea Mendes e Roger Cipó;

É sabido que os imaginários dos povos lidos como negros estão impressos no mundo contemporâneo, diante disso, Pretitudes” propõe o desafio de contemplar e refletir acerca das influências e contribuições desses povos, presentes na identidade e representações artísticas negras para a contemporaneidade,extrapolando sistematicamente o imaginário da escravidão, que reduz a leitura dessas contribuições.

Sinopse da atividade:

 A proposta de “Pretitudes” é ousar referir-se a arte visual como um cenário característico da presença ativa de artistas negras e negros, como sujeitos criadores e criativos, reconhecidos por suas qualidades técnicas e inventividade artística, reivindicando para além da representação, Representatividade. Nessa perspectiva, fazer falar coletivamente o que é “mudo” e “invisibilizado”, sem, com isso, restringir as potencialidades de sentido que cada obra individualmente possui, é em certa medida revelar-se sensível a discussões espinhosas e atuais, como a revisão de uma história da arte marcadamente branca e a falta de representatividade negra nos espaços de prestígio.

Apoio: Grupo Kilombagem, Núcleo de Consciência Negra Teresa de Benguela-PUC-Campinas, Ponto de Cultura e Memória Ibaô e Olhar de um Cipó Fotografia e Comunicação em Artes Negras, Cultura e Religiosidade Afro Brasileira.

Local: Museu da Imagem e do Som de Campinas (MIS) Rua Regente Feijó, 859 – Centro – Campinas-SP.

 

19h às 22h

Atividade: SEDA Louca – Abertura de Exposição + Projeção

IMG_8179

Exposição: ‘As Vozes Que Eu Escuto’ (Com performance ‘O Segredário: O que Sai da Minha Voz’)

Performance: ‘O Segredário – O que Sai da Minha Voz’, com Gal Soares de Sordi.

Sinopse da atividade: Todos temos múltiplas vozes internas que desejamos exteriorizar, ao mesmo tempo somos ouvintes das notícias de um mundo onde cada qual possui sua maneira de escutar e nos tornamos ainda frutos das vozes que ouvimos nesta trajetória. Através de fotografias, áudios e vídeo, a exposição visa reunir experiências diversas, fazendo uma ligação entre rótulos, saúde mental e conceitos de normalidade impostos pela sociedade, com o intuito de mostrar que, independente de qualquer circunstância, somos todos protagonistas de nossas histórias, porém seres interdependentes e que estão ligados na essência.

Fotografia: Mayara Megiolaro

Produção: Ludimila Palucci, Beatriz Gabrinha e Luiz Gustavo Omena

Montagem: Débora Teixeira, Décio Cesarini Jr., Ângelo Koller, Carla Barreira, Silvana Borges e Fernando Aranha

Apoio: Ponto de Cultura Maluco Beleza, Coletivo da Música e Museu dos Encontros na Arte

Local: Museu da Imagem e do Som de Campinas (MIS) Rua Regente Feijó, 859 – Centro – Campinas-SP.

 

 

02 de Agosto

14h às 16h

Atividade: SEDA Educação Libertadora – Exibição + Debate

educacaolibertadora

Filmes:  Produções de Curtas Metragens dos Alunos da Escola Raul Pila

Sinopse da atividade: Parceria entre educandos e educadores ou vice versa (sempre uma relação pedagógica problematizadora que não anula nenhum destes dois pólos da educação, o educador e o educando; para evitar claramente a educação neoliberal com o tal foco no cliente que tende a anular a presença e a importância do sujeito educador enquanto sujeito e não objeto de políticas de teor neoliberal). Temáticas poéticas, alternativas, artísticas, pedagógicas, questionadoras e problematizadoras que vão além do mero registro filmográfico a critico.

Debate: debate: Presenças e Ausências da Educação Libertadora nas Políticas Educacionais.

Participação: Escola Raul Pila e Escola André Tosello e professores convidados da rede municipal de educação de Campinas

Local: Museu da Imagem e do Som de Campinas (MIS) Rua Regente Feijó, 859 – Centro – Campinas-SP.

19h às 22h

Atividade: SEDA Audiovisual na Mídia – Exibição + Debate

Freenet

Filme:  “Freenet” Brasil – Documentário – 90 min – 2016 – Realização: Molotov Filmes

Sinopse:  A world wide web foi concebida e construída a partir de um fundamento principal: a liberdade pela conexão em rede, e não demorou para se tornar o carro-chefe da liberdade de expressão do século XXI. Com ela, não somos apenas consumidores de informação, somos também produtores. Mas o quanto somos realmente livres na internet para acessar conteúdos, e nos expressarmos? Quem governa a rede? Com quais interesses? Temos privacidade? Quem garante o direito de todos os cidadãos a uma conexão rápida e de baixo custo? Essas e outras questões são debatidas em FREENET por especialistas e ativistas.

Debate: Por onde passa a Democratização dos Meios de Comunicação no Brasil?

Participação: André Pasti (Coletivo Intervozes), Hidalgo Romero (Jornalistas Livres Campinas), Junior Paixão (FNDC Campinas)

Local: Museu da IMagem e do Som de Campinas (MIS) Rua Regente Feijó, 859 – Centro – Campinas-SP.

 

03 de Agosto de 2015

10h às 17h

Atividade: SEDA RUA – Instalação + Formação Audiovisual

IMG_9589

Instalação: FALA RUA – Audição dos Programas de Rádio ‘Destilado da Rua (Produzido por pessoas em situação de rua) , ‘Deste lado das grades’ e Prisioneiros do Eca (Produzido por Meninos Internos na Fundação Casa).

A Instalação Audiovisual da SEDA Rua neste ano de 2016 conceberá uma ação tática de mídia livre que sugere a veiculação e difusão de programas de rádio de duas realidades contra-hegemonias que são historicamente marginalizadas e criminalizadas pela sociedade globalizada: a população em situação de rua e a juventude interna em fundações casa no estado de são paulo.

Seria engraçado, se não fosse trágico, vivermos na era da informação e das tecnologias e mesmo assim ainda termos vozes que são silenciadas cotidianamente por essa organização e estrutura social. Pensamentos, vozes, opiniões e palavras que são violadas no direito de existirem nos espaços sociais, de circularem por meios midiáticos, para surtirem credibilidade ou para apenas serem ouvidas por mais pessoas.

Para essa experiência se concretizar em formato de intervenção urbana em diálogo com as pessoas e os espaços da cidade, a organização da SEDA 2016 fará no dia 29 de julho, às 19h, na praça da catedral de Campinas, uma intervenção de grafite com dez grafiteiros convidados que conceberão artisticamente dez sujeitos invisibilizados pela nossa sociedade. Os temas dos desenhos para a intervenção são: entes, criaturas, seres, pessoas, monstros, humanos. Tudo o que vemos, mas não ouvimos. Tudo o quem imaginamos, mas não acreditamos. Tudo o  que é semelhantes, mas diferenciamos.

Esses seres/criaturas criadas em desenho em madeira serão colocados em tamanho real e ficarão expostos espalhado pelas praças do centro da cidade de Campinas dentro da Exposição da Semana do Audiovisual 2016,  após a semana os trabalhos ficarão expostos no MIS Campinas.

Cada um deles carregará consigo um player dos programas de rádio com suas vozes: as vozes que não são ouvidas, o que não veicula, os programas de rádio que “não existem”.

Sobre os programas de rádio que darão vida às criaturas:

IMG_8044

“Rádio Destilado da Rua“:

Está no Ar o Destilado da Rua! Programas de Rádio Web que farão com que tu reveja os conceitos sobre esta gente que mora na praça. A fala é da população em situação de rua. A escuta é tua. Apreenda a essência deste segmento que se move pelas ruas expressando realidades antagônicas de humanidades e o desafio de viver neste mundo capitalista, de Estados Mínimos e privatização do pensar e da vida. Escute, comunique e Destile-se.  Destilado da Rua com vozes, caminhos e grafites!

Selecionada

“Rádio Liberta – Deste Lado das Grades” e “Rádio Prisioneiros do ECA”:

Rádio Liberta – Deste Lado das Grades e Rádio Prisioneiros do Eca trazem a realidade, linguagem, visão de mundo e os conflitos dos meninos internos de duas Fundações Casa do município de Campinas-SP. Na FundaGoma que está bem longe da realidade do Mundão, eles encontram tempo para refletir as problemáticas e contradições sociais.”

Formação: Produção Audiovisual do Clipe Musical do Projeto Mukama

Sinopse Formação: Formação livre em audiovisual. Concepção de imagens para o video clipe da música “Vida que Vem e Que Vai!” (PROCESSO ABERTO E COLABORATIVO) Ponto de encontro no dia 03 de agosto, às 10h da manhã, em frente ao Museu da Imagem e do Som de Campinas para saída a campo.

Locais: Praça Rui Barbosa, Praça da Catedral de Campinas, Praça Largo do Rosário, Praça Bento Quirino.

 

19h às 22h

Atividade: SEDA Moradia – Exibição + Debate

IMG_3398

Filme: “Soma – Na luta por moradia”, BRASIL. DOCUMENTÁRIO, 39 MIN. 2015. Realização: SUP Mídia Livre.

Sinopse: O contexto do média metragem é propor um reflexão sobre as causas e efeitos do crescente déficit habitacional na sociedade contemporânea, usando como referência a história da comunidade “Vila Soma” localizada no município de Sumaré-SP, contada através de algumas personagens que vivem a resistência da luta por uma moradia no seu cotidiano, e tem essa luta como uma opção de vida, trazendo temas complexos como a especulação imobiliária e a função social da terra, abordados por uma perspectiva tão simples quanto a vida humilda que o povo pobre vive em nosso país.

Debate: Direito à Moradia e a Função Social da Propriedade.

Participação: Carlos Canedo – (Coletivo SUP Mídia Livre) Alexandre Mandel, Advogado (Vila Soma/ Flaskô), Mc RD (Vila Soma)

Local: Praça Bento Quirino – Rua Sacramento, 01 – Centro – Campinas-SP.

 

04 de Agosto

19h às 22h

Atividade: SEDA Culturas Populares – Exibição + Debate

IMG_9395(1)

Filme: “A Dança da Amizade: Histórias de Urucungos, Puítas e Quijengues”, Campinas, SP. DOCUMENTÁRIO, 25 MIN. 2015. Realização: Gilberto Alexandre Sobrinho.

Fotografia: Felipe Bomfim

Som Direto: Victor Negri

Montagem: Marina Pires

Sinopse:  A trajetória artística e de resistência afro-brasileira do Grupo Urucungos, Puítas e Quijengues. Surgido em Campinas, na UNICAMP, no final dos anos 1980, por iniciativa de Raquel Trindade, o grupo mantém vivo o repertório de tradições populares nordestinas e é uma das principais vozes do samba de bumbo, vertente do samba paulista.

Debate: Sobre a resistência das culturas populares e a trajetória do Urucungos na cidade de Campinas-SP

Participação: Gilberto Alexandre Sobrinho e Alceu Estevam

Local: Ponto de Cultura IBAO – Rua: Ema, 170 – Vila Padre Manoel de Nobrega, Campinas-SP

 

05 de Agosto

13h às 18h

Atividade: SEDA Louca – Sarau + Feira de Economia Solidária + Dança + Exibição + Debate

Redoma

Filme: ‘Redoma’ – Brasil – Documentário – 15 min – (2016) – Realização: Mayara Megiolaro e Décio Cesarini Jr.

Sinopse: Silvio passa por diversas internações psiquiátricas, até que em um momento oportuno se torna praticamente integrante informal da equipe de saúde do manicômio, recebendo então uma chave da instituição como prova de sua confiabilidade. Mas quem vive em uma redoma tendo a chave da liberdade?

Debate: Saúde mental – novas práticas, novos sujeitos e novos direitos.

Participação: Coletivo da Música, Filosofia do Cotidiano, Mukama, Fernando Martins e mais.

Presença da Feira de Economia Solidária com artesanatos e alimentação.

Local: Serviço De Saúde Dr. Cândido Ferreira – Rua Conselheiro Antônio Prado, 430 – Sousas, Campinas – SP.

 

 

06 de Agosto

15h às 22h

Atividade: SEDA Gêneros – Exibição + Debate + Shows Musicais + Sarau

4minas

Filme:  “4 Minas” – Brasil – Documentário – 55 min – 2012 – Realização: Elisa Garguido

Sinopse:  “4 Minas” é um documentário escrito e dirigido pela militante lésbica feminista e vocalista da banda de hardcore Dominatrix Elisa Gargiulo. Durante um mês, Elisa acompanhou a vida de quatro lésbicas jovens do Estado de São Paulo. São elas: Priscilla Maia, tatuadora e fisiculturista, Maria Cristina Grasselli, guarda-vidas temporária e patinadora profissional, Fernanda Dias, designer digital, percussionista e evangélica e Luana Hansen, MC, sonoplasta e ex-viciada em crack. “4 Minas” mostra o que a câmera, que também tem conteúdos afetivos, decidiu ver dessas quatro vidas ricas de sentimentos e significados que, pra além das identidades e orientações sexuais, são puramente humanos.

Debate: As Manas, Pelas Manas.

Participação: Convidad@s: Coletivo Aos Brados, Promotoras Legais Populares, Grupo Fierce Dance (CPS), Dj e Mc Luana Hansen, Zigra (SP), Mc Leoa, Katia Miranda Jenny Jurovschi e Kétura, Mina Mim e Nega May (CPS) .

Local: Quilombo OMG – Rua Profa Carolina de Souza Barros, 87 – Bairro Jd Monte Cristo – Campinas-SP – Atrás da Igreja Católica.

 

07 de Agosto

14h às 18h

Atividade: SEDA Gêneros – Intervenção de Dança e Teatro

IMG_9306.redimensionado

Intervenção: Dança de Teatro e Capoeira Pela Comunidade

Sinopse da atividade:

Teatro Levante Mulher:

As cenas dos espetáculo  “Rosas- Uma performance poética sobre a condição feminina numa sociedade machista”  trazem para discussão as relações de gênero, o patriarcado, o capitalismo e sobretudo o machismo imposto, produzido e reproduzido no cotidiano de todos, fazendo referências ao processo histórico e cultural que reduziu as mulheres ao termo pejorativo de sexo frágil. O coletivo Levante Mulher também vai puxar uma roda de coco e o evento estará aberto para outras intervenções culturais.

Participação: Coletivo Levante Mulher

Local: Praça Buriti – Rua: Buriti, s/n. Vila Brandina – Campinas-sp

SEDAlogos

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s