Home

ReunioesAbertasSEDA20152

 O Coletivo Moinho, o Coletivo de Mídia Livre Vai Jão, juntamente com outros coletivos e Casas de Cultura de Campinas convida todos e todas a participar da construção da V SEDA – Semana do Audiovisual Campinas. A partir do dia 11 de maio, segunda-feira, 19h, no Museu da Imagem e do Som de Campinas (MIS) abrirá seus trabalhos para a organização do Festival Integrado e Colaborativo, a ser realizada entre os dias 16 a 23 de agosto de 2015 na perspectiva da realização da mostra de filmes, debates, oficinas, intervenções urbanas, intercâmbios culturais, teatro, música, dança, todas as atividades relacionadas as novas linguagens multimídias e audiovisuais, em vários espaços da cidade.

IMG_8594.redimensionado

 A Semana do Audiovisual – SEDA, é um festival de audiovisual e multimídias que acontece de forma integrada com cerca de 100 SEDAs, em cidades do Brasil e América Latina. É por princípio um festival alternativo e independente, um evento comunitário, descentralizado e plural, que incentive e estimule a produção e a discussão de obras audiovisuais nacionais no micro e no macro,  numa perspectiva de incidir como tecnologia social para organização, formação e participação de grupos, coletivos e movimentos de cada cidade. Produzir, formar, refletir, debater e propor temáticas artísticas, sociais e populares por meio das linguagens audiovisuais nas multilinguagens. Incentiva também a produção colaborativa e partilhada na construção de espaços cognitivos e interconectados para, por meio de processos e obras audiovisuais, protagonizar outras realidades e narrativas sociais em Campinas-SP.

IMG_9171.redimensionadoTem o intuito de compor em cada localidade na perspectiva de rede SEDAs, a circulação de filmes, experiências audiovisuais, programas de web-TV e rádio, fotografias, imagens, sons e músicas, como também a proposição de formações e práticas em tecnologias e pedagogias livres que possibilitem expressões e produções partilhadas de conhecimento.

IMG_8692.redimensionadoPor meio de reuniões abertas que iniciam seus trabalhos neste mês de maio e vai até a realização da Semana, que acontecerá em 2015 de 16 a 23 em agosto, traz a perspectiva de participação, composição e organização das temáticas sociais e populares dentro das potências das linguagens multimídias e, propondo a construção em rede, amplificae e aprofundae os debates e pautas das diversas frentes temáticas da cidade.

IMG_8089.redimensionadoO evento que já está em sua quinta edição, neste ano pretende realizar programações artísticas, culturais e de formações em cerca de 10 espaços públicos e/ou iniciativas culturais na cidade, ainda aberto a novas proposições, que trabalhando em rede e partilhadamente, gerem um processo de interações, trocas, vínculos sociais e autonomia nas diversas formas de manifestações culturais. Entre eles, a Casa de Cultura Fazenda Roseira, Casa de Cultura Tainã, Grupo Urucungos Puítas e Quijenges, Casa de Cultura Andorinhas, Centro de Convivência Tear das Artes, Museu da Imagem e do Som de Campinas, Estação Cultura de Campinas, CIS Guanabara, Centro Pop, Casarão do Barão, Ponto de Cultura Maluco Beleza, ; e praças públicas como a Praça Rui Barbosa, Centro de Convivência Cultural de Campinas, Praça Bento Quirino, Praça da Catedral, entre outras organizações e grupos.

IMG_9071.redimensionadoEntre as campanhas já existentes nos outros anos estão SEDA Louca: proposto dentro da temática da Saúde Mental e Luta Antimanicomial em Campinas; SEDA Preta: Produzida por coletivos atuantes no movimento negro e nas práticas culturais de matriz africana; SEDA Rua: na perspectiva de trabalhar o espaço público e quem nele se insere, identifica, vive e disputa culturalmente; SEDA Gêneros: para os debates sobre gêneros, transgêneros, luta das mulheres, entre outras questões; SEDA Celulose: que trabalha a questão do Meio Ambiente, Agroecologia, Questão Agrária entre outras; SEDA Multilinguagem: a mistura de linguagens artísticas e sociais na disputa dos imaginários e hegemonias impostas; SEDA Mídia e Tecnologia: trabalha a luta pela democratização da comunicação e o acesso de direitos pela comunicação como um direito humano, entre outras. Outras podem ser abertas nas perspectivas de se trabalhar e desenvolver temáticas sociais.

IMG_9437.redimensionadoAcompanhe as reuniões abertas, saiba mais, participe, reflita, circule, transforme, questione, inter-aja

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s