Home

O quarto dia da SEDA Campinas foi repleto de ocupações de saberes simbólicos, parcerias que agregaram nos espaços públicos da cidade de Campinas, e que, juntos, re-significaram a utilização dos mesmos.

SEDA34SEDA32SEDA33SEDA36O dia começou na praça do Centro de Convivência/Teatro de Arena, unindo alguns movimentos que já propõe ocupações artísticas e conceituais naquele espaço. O Sarau Arte Viva e a SEDA Campinas trouxeram outras ares e possibilidades para a praça, trazendo palco aberto e ambientação decorativa para somar nas visões da cidade.

SEDA35SEDA37SEDA38SEDA40SEDA39SEDA41Após isso, na Casa de Cultura Tainã, a SEDA Preta trouxe mais produções com a pluralidade das culturas afro-brasileiras por meio de curtas metragens e clipes de hip hop produzidos de forma independente do mercado. A expressão livre pautada no cotidiano e em cada fazer cultural ou artístico. Ba Kimbuta, Akins e outros convidados somaram no debate e ainda fizeram um som amarrando as demandas e expressões artísticas como matéria prima do audiovisual.

SEDA45SEDA46No MIS Campinas, o documentário Elena encerrou as atividades com uma sessão lotada e trouxe mais uma nuance das novas formas de distribuição livre nos circuitos do cinema brasileiro. O filme circulou por mais de 50 cidades dentro das SEDAs que aconteceram pelo Brasil, descentralizando as demandas e interesses mercadológicas e contemplando iniciativas cineclubistas que não visam fins lucrativos ou políticos.

SEDA42

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s