Home

Mídias Livres nas escolas

por Dilma Dominiquini

Pensar  somente em incluir  o aluno no sistema formal de ensino é minimizar possibilidades de ampliar repertórios e outras referências. Não existe inclusão sem a posse das linguagens estéticas, o acesso à infraestrutura  tecnológica e o acesso às redes: sistemas de informação e comunicação que permitem a comunicação barata, autônoma e colaborativa, gerando maior produtividade social.

Ao abrir essas possibilidades, rompe-se com a passividade e a limitação de conteúdos,  é permitir  a esse aluno   experimentar todas as linguagens, é despertar sua capacidade  criativa e crítica e  o faz  compartilhar  a emoção e a inteligência, ele desloca- se  para o campo das relações sociais, dos fluxos e trocas, ou seja, cria-se um pertencimento e um protagonismo social.

O trabalho iniciou-se através de rodas de conversas, partiu-se  do cotidiano do aluno, da sua história pessoal, a memória afetiva, para se pensar e tomar posse das linguagens e dos meios, das câmeras e das redes.

A primeira exibição audiovisual no  trabalho  foi o  curtametragem feito pelos irmãos  Lumière, o clássico  L’Arrivée d’un train en gare de la Ciotat (Chegada de um Comboio à Estação da Ciotat) para introjetar nos alunos que produzir audiovisual é possível!

Outros curta metragens foram apresentados provocando debate, reflexão e inspiração para a produção artística. Alguns alunos praticantes do skate e militantes por melhores condições do skatista produziram um vídeo experimental com essa temática.

mosaicoblogmoinho2

Foi  possibilitado a inclusão digital com abertura de e-mails e a devida conta no Facebook aos alunos ainda excluídos digitalmente. A partir daí, as postagens foram exercitadas e avançou-se na perspectiva de ampliar e compartilhar a comunicaçao com a abertura nesta rede social do Grupo Multimídias da Escola Pres.Humberto de Alencar Castelo Branco – Grupo multimídias da Escola E.M.E.F Presid. Humb. A. Castelo Branco, potencializando o conceito  de grupo,  estabelecendo-se  de fato uma interação presencial e virtual, como: fruição de ideias, produções artísticas e postagens dos trabalhos realizados interna e externamente com nossos alunos, como: Atividade Cultural na unidade educacional, IIª Mostra Estudantil de Cinema de Campinas e Culminância EJA.

O objetivo final do  trabalho foi contemplado  com a criação do blog  http://castelolivre.blogspot.com/,  onde os alunos se apropriaram de novos conceitos, técnicas e experimentações estéticas. A voz e vez do aluno foram respeitadas quanto  à participação e sugestão pela  escolha do nome do blog    que deu-se através de eleição  aberta.

Mais uma vez o aluno encontra-se na condição de sujeito das palavras e das  ideias e da própria capacidade de aprender e de criar. Esse trabalho possibilita a partir dessas referências  e questões chegar a outras estéticas e éticas.

Período do trabalho: outubro ⁄ 12 a de dezembro ⁄ 2012.

MídiasLivres5

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s